Histórico
Gestão
Comissões
Estrutura administrativa
Visita virtual

Depto de Cirurgia - VCI
Depto de Clínica Médica - VCM
Depto de Nutrição e Produção Animal - VNP
Depto de Med. Veterinária Prev. e Saúde Animal - VPS
Depto de Patologia - VPT
Depto de Reprodução Animal - VRA

Apresentação
Comissão
Atendimento
Ingresso (FUVEST)
Guia do graduando
Disciplinas
Calendário  
Estágio
Formulários
Transferência

Apresentação
Comissão
Equipe
Inscrições
Matrícula
Guia do pós-graduando
Formulários
Programas de pós-graduação
Calendário  
PAE
Secretarias
Biblioteca Digital

Apresentação
Atendimento
Editais
Linhas de Pesquisa
Prêmio Impacto Científico da FMVZ-USP
Programa de Iniciação Científica
Programa de Pós-Doutorado da USP
Projeto 1
Representantes

Apresentação
Atendimento
Atividades culturais
Comissão e Reuniões
Cursos de Extensão
Feiras de Agropecuárias
Fomento
Legislação
Treinamneto profissional
Visitas à Faculdade
Ouvidor
Biblioteca
Comunicação
Diretoria
Congregação
Conselho Técnico Administrativo
Assistência acadêmica
Assistência administrativa
Assistência administrativa de Pirassununga
Assistência financeira
Diretoria
Informática
Serviço de Pessoal
Assistência à diretoria
Assistência acadêmica
Assistência administrativa
Assistência financeira
Informática
VCI - Anatomia dos animais domésticos e silvestres
VCI - Clínica cirúrgica veterinária
VCM - Clínica veterinária
VNP - Nutrição e produção animal
VPS - Epidemiologia experimental aplicada às zoonoses
VPT - Patologia experimental e comparada
VRA - Reprodução animal
Inscrições
Processos Seletivos
Defesas
Bem-vindo à Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia


English

Clínica Veterinária (VCM)
  Apresentação
Coordenação
Atendimento
Orientadores
Disciplinas
Linhas de pesquisa
Projetos de pesquisa
Departamento
Processo Seletivo
Convênios
Normas




 
  Home / Pós Graduação / Programas de pós-graduação / Clínica Veterinária - VCM / Apresentação

Apresentação


VISITE O NOSSO SITE: http://sites.usp.br/pcvet/


HISTÓRIA E ESTÓRIAS DO ATUAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CLÍNICA VETERINÁRIA DO DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA


I. INTRODUÇÃO E HISTÓRICO


O programa de ensino do Curso de Pós-Graduação em Clinica Veterinária, em nível de Mestrado e Doutorado foi estruturado consoante a legislação especifica, em vigor; seguindo, portanto as normas estabelecidas pelo Regulamento dos Cursos de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Procurou-se, também, obedecer aos preceitos emanados dos Colegiados da Universidade de São Paulo e seus representantes, que afirmam ser necessário, à mais antiga e ilustre Universidade do Brasil, manter cursos de todos os níveis, nas várias áreas do conhecimento humano. Inicialmente, no período 1982- 1989, o Departamento de Clinica Medica, desta Unidade de Ensino Superior manteve um curso de pós-graduação, em nível de mestrado, sobre PATOLOGIA BOVINA, considerado uma opção do Curso de Patologia Experimental e Comparada. Na oportunidade a associação dos cursos era compreensível, pois ambos eram ministrados no mesmo setor da Faculdade de Veterinária, isto é, no antigo Departamento de Patologia e Clinica Médicas. A disparidade de atividades deste tradicional Departamento, criado após a Reforma Universitária de 1969, obrigou sua divisão, para que as partes resultantes obedecessem, adequadamente, aos Estatutos da Universidade de São Paulo. A Unidade, mencionada nas normas, foi alcançada no Departamento de Clinica Medica, que desenvolve atividades didáticas, de pesquisa e de extensão, apenas na área de Clinica Médica Veterinária.
A subdivisão do Departamento original foi oportuna e trouxe reais benefícios nos vários setores de atuação acadêmica, todavia, entendeu-se que seria prematura a desvinculação da opção PATOLOGIA BOVINA do Curso de Patologia Experimental e Comparada, sem uma real comprovação de sua eficiência. Isto e apresentado em auto-avaliação anexada à este expediente.
O atual Departamento de Clinica Médica viu-se obrigado a recorrer aos estudos de pós-graduação para completar a formação de Veterinários dedicados ao campo abrangente da Patologia e Clinica das Doenças dos Animais Domésticos. Seu objetivo principal era a formação de profissionais altamente diferenciados, que possam contribuir para o desenvolvimento da docência e pesquisa, nas áreas de atuação do Departamento de Clinica Médica: a Buiatria, a Clinica dos Animais Monogástricos e a Doenças Nutricionais e Metabólicas dos Animais Domésticos.
O programa de pós-graduação em PATOLOGIA BOVINA (em nível de Mestrado) ora substituído pelo de Clinica Veterinária (em nível de Mestrado e Doutorado), está estruturado de forma a permitir a integralização dos créditos em atividades pré-determinadas de disciplinas avançadas, tanto na área de concentração (Semiologia e Patologia Médica das Doenças dos Animais Domésticos), quanto em áreas complementares, permitindo a formação de docentes, pesquisadores e profissionais do nível desejado.
As disciplinas da área de concentração analisarão de forma objetiva e critica as causas que produzem alterações orgânicas; contribuirão para a elucidação da patogenia das enfermidades orgânicas e/ou infecciosas dos animais domésticos e estudarão as manifestações clinicas observáveis nos animais enfermos, estabelecendo normas semitécnicas e de clinica propedêutica.
Objetiva-se, ainda fornecer subsídios para a solução das doenças dos animais, em nível individual, pois entende-se que medidas e pidemiológicas, principalmente, para as zoonoses, só poderão ser adequadamente aplicadas, a partir de um diagnostico irrefutável.



Endereço:


O Curso é ministrado pelo Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo.
Em 1999, o Departamento de Clínica Médica foi transferido para as atuais instalações sediadas na:
Programa de Pós-Graduação em Clínica Veterinária


Departamento de Clínica Médica
Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Universidade de São Paulo
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87
Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira
05508-270 - São Paulo - SP



II. JUSTIFICATIVA


1. Relevância


O número de cursos de pós-graduação na área de Clinica Veterinária são insuficientes para a formação de docentes e pesquisadores, com conhecimentos adequados para a resolução dos graves problemas que assolam a pecuária nacional, agravando-se a situação ao referir-se à Clinica individual dos animais de companhia e/ou de inestimável valor zootécnico. Em referência aos cursos na área de ciências agrárias, em nível de Doutoramento, a condição agrava-se, pois existem apenas 2 cursos de pós-graduação, na área de Clinica Veterinária, aceitando cada um, no máximo 3 estudantes por período. Não seria justificável a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de são Paulo, com seu grande potencial e massa critica, no contexto especifico da Clinica Veterinária, não apresentar uma opção de pós-graduação, em nível de doutoramento, nesta área do conhecimento humano.
Baseado na qualidade e número de docentes, atuantes nas 3 áreas de Clínica, abrangidas pelo Departamento de Clínica Médica, poder-se-á oferecer até 20 vagas para mestrandos, sendo: 8 em Clinica de Bovinos; 7 em Clinica de cães e Gatos e 5 em Clínica das Doenças Nutricionais e Metabólicas. Na pós-graduação em nível de doutoramento poder-se-á oferecer, inicialmente, 9 vagas, sendo: 4 em Clinica de Bovinos; 3 em Clinica de Cães e Gatos e 2 em Clinica de Doenças Nutricionais e Metabólicas. Nestas condições, cada professor orientador ficará, no máximo, encarregado da orientação de 3 estudantes, como recomenda a Douta Comissão de Pós-Graduação da FMVZ.


2. Significado


Em face da importância econômica da pecuária no contexto da situação brasileira, e do significado emocional e de âmbito da Saúde Pública das doenças dos animais domésticos, exigem-se cada vez mais a atuação de técnicos bem formados, capazes de identificar os problemas e de encontrar soluções para saná-los ou minimizá-los. No entanto, tornou-se difícil, pela atual estrutura do Ensino de Medicina Veterinária, proporcionar-se treinamento completo e adequado nos limites do Curso de Graduação. Neste plano, dificilmente se poderia alcançar superior competência na especialização cientifica ou profissional, necessitando recorrer aos estudos pós-graduação "sensu stricto" para completar a formação do pesquisador e dos docentes.
No âmbito da Patologia Animal, na área especifica da Clinica Veterinária, os estudos em nível de pós-graduação permitirão aos profissionais veterinários alcançarem elevado padrão de competência cientifica, impossível de adquirir-se no âmbito de graduação, havendo neste curso ambiente e recursos adequados para realizarem a livre investigação cientifica e onde possam ser firmados os mais altos padrões da cultura universitária.


3. Objetivos


A. Gerais
Formação de pesquisadores e profissionais clínicos que possam contribuir para a docência e pesquisa no Campo da Clínica Veterinária.
B. Específicos
Ao final do Curso os participantes devem estar capacitados a:
I. elaborar e desenvolver programas de ensino Patologia e Clínica Medicas dos Animais Domésticos.
II. conceber e desenvolver, em condições de campo e experimental, estudos de investigação clínica de alto padrão cientifico, em relação a diversas condições mórbidas que acometem os animais domésticos;
III. desenvolver novos métodos de diagnóstico e tratamento das enfermidades que acometem várias espécies animais.


III. CORPO DISCEITE


O Programa de Pós-Graduação em Clínica Veterinária, em nível de mestrado e doutorado foi concebido para profissionais veterinários, especificamente para aqueles envolvidos na docência, pesquisa e atendimento profissional, nas áreas de Patologia e Clinica Veterinária; Patologia e Clínica das Moléstias Infecto-contagiosas e Parasitárias dos Animais Domésticos; Semiologia e Patologia Clínica Veterinária. Considerando-se a estrutura e os recursos humanos, financeiros e materiais, o Programa foi previsto para receber inicialmente 20 estudantes em nível de mestrado e 9 em nível de doutoramento. A seguir, bienalmente, 12 mestrandos e 12 doutorandos.
relação orientado/orientador adotada como ideal, é aquela estabelecida pela Douta Comissão de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de são Paulo, em sua Resolução 2/79, isto é, 1:3.


IV. ESTRUTURA FÍSICO-FINANCEIRA


O Programa de Pós-Graduação em Clínica Veterinária desenvolver-se-á no Departamento de Clinica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de são Paulo, contando com a colaboração, de forma harmônica e integrada, de Docentes de outras Unidades de Ensino Superior ou de Institutos de Pesquisa, a saber: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia -UNESP, Campus de Botucatu e Jaboticabal e da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Paraná; Instituto Biológico da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo e da Unidade de Patologia Animal da EMBRAPA/RJ. Desta forma, como inúmeras vezes foi ressaltado, por colegiados da USP,dar-se-á grande ênfase a interdisciplinaridade do ensino de pós-graduação e da pesquisa.
Em nível de graduação, o Departamento de Clínica Médica administra, atualmente, as Disciplinas de Semiologia (VCM-301), Clinica Médica de Ruminantes (VCM-303), Clinica Médica de Monogástricos (VCM-302), Doenças Nutricionais e Metabólicas (VCM-300), Patologia Médica (VCM-400), além das Disciplinas optativas: Patologia Clinica Veterinária (VCM-401) e Práticas Hospitalares em Ruminantes (VCM-402). Além das Disciplinas de Graduação, tem desenvolvido Cursos de Extensão Universitária, instalando em 1987, o Curso de Especialização em Patologia Clinica Veterinária. Como parte integrante da formação do veterinário como docente, os pós-graduandos devem participar, das atividades didáticas das Disciplinas de Semiologia e Patologia e Clínica Médicas, com a finalidade de adquirir e aperfeiçoar o raciocínio lógico na elucidação clinica das enfermidades que acometem os animais domésticos, sempre que possível, atuam os pós-graduandos nas atividades ambulatoriais e hospitalares no Hospital Veterinário que atende, aproximadamente 15.000 cães e gatos e faz 400 internações anuais de grandes animais. Além disto acompanham o serviço prestado pela Clínica Ambulante do Departamento de Clínica Médica, onde se atende anualmente 2.000 bovinos, percorrendo cerca de 18.000 km. Os pós-graduandos complementam sua formação participando das reuniões clinicas, realizadas pelo Corpo Docente, juntamente com os residentes e os estagiários do mencionado Departamento.


V. ESTRUTURA FÍSICA


Para o desenvolvimento deste Programa, o Departamento de Clinica Médica, conta com área aproximada de 3.000 m2, contemplando 4 laboratórios devidamente equipados, 2 salas de aulas teóricas, 2 secretarias e demais dependências necessárias à acomodação do corpo docente, discente e de pessoal auxiliar. Conta também com as dependências de hospitalização de Grandes Animais do HOVET, constituída por 15 baias para grandes animais e 17 para pequenos ruminantes, tronco de contenção, farmácia e sala de preparação de materiais.
Os laboratórios têm equipamentos adequados para o desenvolvimento de suas linhas de pesquisas e as instalações hospitalares são suficientes e permitem, além de pesquisas objetivas com animais enfermos, a criação de modelos experimentais. Em futuro próximo, de acordo com previsões da Reitoria, estarão prontas as novas e modernas instalações do Departamento de Clinica Médica, na Avenida Corifeu de Azevedo Marques, nº. 2720.


VI. APOIO BIBLIOGRÁFICO


Oferecido pela Biblioteca da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, considerada, pela Comunidade Cientifica Veterinária, face ao seu acervo, modernas instalações e excelentes serviços prestados, como a melhor Biblioteca do Brasil.


VII. FONTE DE RECURSOS FINANCEIROS


Para o desenvolvimento do Programa em questão o Departamento de Clinica Médica conta com os recursos orçamentários destinados pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, através da Universidade de São Paulo, para funcionamento normal, conta também com parte do recurso alocado pelo Hospital Veterinário e na área de pesquisa com recursos financeiros obtidos nas agências financiadoras de pesquisa como o CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico e FAPESP -Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.





(Original preservado do material elaborado pelo Prof. Dr. Eduardo Harry Birgel, enviado à Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade de São Paulo e à CAPES – Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, visando o credenciamento do Programa, em níveis de Mestrado e Doutorado. Fato concretizado em 21 de agosto de 1991).





Créditos | Suporte | Intranet | Mapa do Site | Links

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 CEP 05508 270 - Cidade Universitária
São Paulo/SP - Brasil

 








Pirassununga