Histórico
Gestão
Comissões
Estrutura administrativa
Visita virtual

Depto de Cirurgia - VCI
Depto de Clínica Médica - VCM
Depto de Nutrição e Produção Animal - VNP
Depto de Med. Veterinária Prev. e Saúde Animal - VPS
Depto de Patologia - VPT
Depto de Reprodução Animal - VRA

Apresentação
Comissão
Atendimento
Ingresso (FUVEST)
Guia do graduando
Disciplinas
Calendário  
Estágio
Formulários
Transferência

Apresentação
Comissão
Equipe
Inscrições
Matrícula
Guia do pós-graduando
Formulários
Programas de pós-graduação
Calendário  
PAE
Secretarias
Biblioteca Digital

Apresentação
Atendimento
Editais
Linhas de Pesquisa
Prêmio Impacto Científico da FMVZ-USP
Programa de Iniciação Científica
Programa de Pós-Doutorado da USP
Projeto 1
Representantes

Apresentação
Atendimento
Atividades culturais
Comissão e Reuniões
Cursos de Extensão
Feiras de Agropecuárias
Fomento
Legislação
Treinamneto profissional
Visitas à Faculdade
Ouvidor
Biblioteca
Comunicação
Diretoria
Congregação
Conselho Técnico Administrativo
Assistência acadêmica
Assistência administrativa
Assistência administrativa de Pirassununga
Assistência financeira
Diretoria
Informática
Serviço de Pessoal
Assistência à diretoria
Assistência acadêmica
Assistência administrativa
Assistência financeira
Informática
VCI - Anatomia dos animais domésticos e silvestres
VCI - Clínica cirúrgica veterinária
VCM - Clínica veterinária
VNP - Nutrição e produção animal
VPS - Epidemiologia experimental aplicada às zoonoses
VPT - Patologia experimental e comparada
VRA - Reprodução animal
Inscrições
Processos Seletivos
Defesas
Bem-vindo à Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia


English

Graduação
  Informes
Ingresso
Matrículas
Comissão
Estágio
Calendário
Disciplinas
Dispensas
Bolsas
Transferência
Guia
Formulários
Revalidação




 
  Home / Graduação / Guia

Guia do Aluno

Emissão de documento

 

O Serviço de Graduação tem o prazo mínimo de 2 (dois) dias úteis para providenciar qualquer documento, sendo este posteriormente retirado na Secretaria de Graduação.

 

Pedido de e-mail (institucional)

http://www.pedidoemail.usp.br/

 

Bilhete Único SPTrans

 

Informações sobre o BUSP

BUSP FAQ.pdf (233,50 kB)

 

Bolsa Moradia

De acordo com as vagas existentes no Conjunto Residencial da USP (CRUSP), a SAS oferece, anualmente, bolsas-moradia a alunos regularmente matriculados na USP, segundo a seleção baseada em critérios sócio-econômicos.

A bolsa-moradia é constituída por uma vaga em apartamento do CRUSP, sendo sua concessão pessoal e intransferível, não sendo extensiva, em nenhuma hipótese, aos dependentes ou não do aluno beneficiado. É concedida por período igual a duração ideal do currículo pleno de um primeiro e único curso no qual o aluno esteja matriculado, na época, acrescido de até dois semestres para cursos com duração de quatro anos e de até três semestres para cursos de cinco e seis anos.

A COSEAS faz reavaliações anuais da situação acadêmica e sócio-econômica dos bolsistas (Resolução 4348/97).

Nos campi do interior, a administração das moradias estudantis compete às respectivas Prefeituras.

 

Pró-Reitoria de Graduação - Acesso aos Programas Especiais.

 

Programa de Apoio à Internacionalização da Graduação (Pró-Int)

 

Programa de Apoio à Realização e Participação em Eventos Voltados à Graduação (Pró-Eve)

 

Informações Acadêmicas

A avaliação do rendimento escolar do aluno é feita, em cada disciplina, em função de seu aproveitamento em provas, seminários, trabalhos de campo e outros que são exigidos pelo Professor.

É obrigatório o comparecimento do aluno a todas as atividades escolares. As notas variaram de (0) zero a 10 (dez), podendo ser aproximadas até a 1ª casa decimal.

É aprovado, com direito aos créditos da disciplina, o aluno que obter nota final igual ou superior a 5 (cinco) e tenha tido 70% (setenta por cento) de freqüência na disciplina, no conjunto de aulas práticas e teóricas.

O corpo discente tem representação com direito a voz e voto nos órgãos colegiados.

 

Crédito

É a unidade correspondente a atividades exigidas do aluno. As atividades relativas a aulas teóricas, seminários e aulas práticas têm seu valor determinado em "crédito-aula".

Cada crédito-trabalho é o valor atribuído às seguintes atividades: a) planejamento, execução e avaliação de pesquisa; b) trabalho de campo, internato e estágios supervisionados ou equivalentes; c) leituras programadas; d) trabalhos especiais de acordo com a natureza das disciplinas; e) excursões programadas pelo Departamento. O valor do crédito-trabalho corresponde a 30 horas (art. 65 - Regimento Geral, Resolução CoG 3895/91).

 

Trancamento de Matrícula

Trancamento de matrícula é a interrupção parcial ou total das atividades escolares, a pedido do aluno (art. 74 - Regimento Geral).

 

Trancamento Parcial de Matrícula

Entende-se por trancamento parcial de matrícula a interrupção das atividades escolares em uma ou mais disciplinas. A solicitação de trancamento parcial de matricula deverá ser feita pelo aluno no máximo até o final da primeira metade do período letivo, obedecendo-se às datas estabelecidas no calendário escolar.

Mediante requerimento, o aluno poderá solicitar trancamento parcial de matrícula até duas vezes em cada disciplina. Será concedido o trancamento parcial em uma ou mais disciplinas desde que o número de crédito-aula restante na matrícula do aluno não seja inferior a doze. No cálculo dos doze créditos deverão também ser considerados aqueles correspondentes à matrícula em disciplinas pedagógicas da Faculdade de Educação, quando esta matrícula for correlata ao curso de origem.

Dos trancamentos parciais de matrícula não serão excluídos os cálculos relativos ao cancelamento de matrícula (Resolução CoG 3761/90).

 

Trancamento Total de Matrícula

Entende-se por trancamento total de matrícula a interrupção das atividades escolares em todas as disciplinas em que o aluno estiver matriculado.

Mediante requerimento indicando e comprovando os motivos que impedem de prosseguir suas atividades escolares, o aluno poderá solicitar o trancamento total de matrícula em qualquer época do ano. Se a solicitação for feita durante o transcurso do período letivo, o trancamento total não poderá ser autorizado se o aluno não estiver regularmente matriculado ou se já se encontrar reprovado por falta em disciplinas cuja soma de créditos ultrapasse vinte e cinco por cento do total de créditos de sua matrícula no correspondente período letivo.

A soma dos períodos de trancamento total do aluno não poderá exceder a cinco anos. Não ultrapassado este prazo, o aluno terá o direito de retornar em sua própria vaga, devendo submeter-se às adaptações curriculares julgadas necessárias pela Comissão de Graduação. Não é permitido o trancamento total de matrícula ao aluno que não tenha obtido pelo menos vinte e quatro créditos em seu currículo, ressalvados os casos excepcionais, que serão julgados pela Comissão de Graduação.

O período em que o aluno estiver legalmente afastado, em virtude de trancamento total de matrícula, não será computado nos cálculos relativos ao cancelamento de matrícula (Resolução CoG. 3761/90).

 

Cancelamento de Matrícula

Entende-se por cancelamento de matrícula a cessação total de vínculos do aluno com a Universidade.

O cancelamento voluntário de matrícula ocorrerá por transferência para outra instituição de ensino superior ou por expressa manifestação de vontade do aluno.

O cancelamento por ato administrativo ocorrerá:

I - em decorrência de motivos disciplinares;

II - se for ultrapassado o prazo de cinco anos de trancamento total de matrícula:

III - se o aluno não se matricular por três semestres consecutivos;

IV - se o aluno não obtiver nenhum crédito em quatro semestres consecutivos, excetuados os períodos de trancamento total (art. 75 - Regimento Geral). Os quatro semestres começaram a ser computados a partir do 1º semestre de 1991.

Os alunos que tiverem sua matrícula cancelada com fundamento nos itens II, III e IV poderão requerer seu retorno à USP desde que sejam devidamente justificadas as causas que provocaram o cancelamento.

As transferências e os graduados terão preferência para preenchimento de vagas em relação aos pedidos de retorno.

Quando o número de vagas para retorno for inferior ao número de pedidos, a Comissão de Graduação providenciará a seleção dos interessados, examinando o histórico escolar, tempo de afastamento e outros elementos que julgar convenientes. Permitida a reativação de matrícula, a Comissão de Graduação estabelecerá as adaptações curriculares indispensáveis à reintegração do aluno (art. 80 - Regimento Geral).

Fica condicionada à decisão da Comissão de Graduação a matrícula do aluno que:

I - não obtiver aprovação em pelo menos vinte por cento dos créditos em que se matriculou nos quatro semestres anteriores (a contar a partir do 1º semestre de 1991);

II - não integralizar os créditos para a conclusão de seu curso no prazo máximo definido pela Congregação da Unidade (art. 76 - Regimento Geral), que é de nove anos.

 

Recuperação Critérios:

1 - A recuperação constará de duas provas, cuja natureza ficará a cargo de cada disciplina, a serem realizadas até uma semana antes do término do período de retificação de matrícula (estabelecido anualmente pelo Calendário USP)

2 - A média da avaliação final da disciplina entrará no computo da recuperação, sendo:

média = média da avaliação final + média da recuperação ÷ 2

3 - Não será facultado aos alunos reprovados, mas que obtiveram freqüência mínima e nota não inferior a três, a matrícula em disciplinas que dependam de pré-requisitos.

 

ACESSO AO RESTAURANTE DO CAMPUS PIRASSUNUNGA

(ALUNOS DE GRADUAÇÃO, PÓS-GRADUAÇÃO, FUNCIONÁRIOS E DOCENTES)

1- Acesso ao restaurante somente com o cartão USP devidamente carregado.

2- O cartão USP tem que estar ativado nos sistemas correspondentes: Júpiter, Fênix ou Marte, no mínimo na véspera do dia de utilização do cartão.

3- O cartão USP tem que estar atualizado (com chip e validade).

4- Na ausência do cartão USP, o acesso ao restaurante será como visitante. Valor da refeição é de R$7,50.

5- Quem não possuir cartão USP por qualquer motivo deverá solicitar a confecção de um CARTÃO PARA ACESSO AO RESTAURANTE DE PIRASSUNUNGA (CARTÃO PROVISÓRIO), pelo e-mail: dvatcom.ccps@usp.br – Seção de Atendimento a Comunidade com 72 horas de antecedência. O solicitante do CARTÃO PROVISÓRIO deverá estar ciente de que:

- O CARTÃO PROVISÓRIO será emitido somente quando a pessoa não possuir cartão USP, uma vez que o CARTÃO PROVISÓRIO inutiliza o Cartão USP. Que após a emissão do CARTÃO PROVISÓRIO não será possível reativar o cartão USP atual.

- Ao efetuar crédito, caso o cartão USP apresente problema no chip, será confeccionado um CARTÃO PROVISÓRIO para os dias de permanência em Pirassununga, posteriormente a pessoa deverá solicitar um novo cartão USP junto a sua unidade.

- Ao receber o CARTÃO PROVISÓRIO a pessoa deverá assinar um termo de responsabilidade.

- O CARTÃO PROVISÓRIO deverá ser devolvido no término de permanência em Pirassununga, caso não ocorra, o cartão USP ficará bloqueado.

- Em caso da não devolução, perda ou danos do cartão PROVISÓRIO será cobrado: R$5,00 (2ª via e não devolução), R$10,00 (3ª via), R$30,00 (4ª via).





Créditos | Suporte | Intranet | Mapa do Site | Links

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo
Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva, 87 CEP 05508 270 - Cidade Universitária
São Paulo/SP - Brasil

 








Pirassununga